Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio

Muda de Bacupari

Disponibilidade: Imediata
0 Opiniões

A Partir de:
R$ 120,00

ou 12x de R$ 10,00 Sem juros Cartão Visa - Vindi
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Calcular frete:
Descrição Geral

Muda de Bacupari

 

Nossas mudas de Bacupari são enviadas no padrão Viveiro Cultura Ecológica com o torrão completo e intacto em embalagens especiais, assegurando a qualidade, integridade e principalmente o pegamento no transplante da planta.

O Bacupari é um fruto que você pode encontrar todo o Brasil, desde a região amazônica até o estado do Rio Grande do Sul. Confundido com seus primos bacuripari e bacuri. A origem do fruto é brasileira e ele pode ser encontrado por todo o país, sendo especialmente apreciado pelos povos ribeirinhos.

A palavra “bacuripari” é derivada do tupi, onde significa literalmente “fruta da cerca”. O nome se deve aos seus ramos ascendentes, que crescem em sentido horizontal. 

Conhecido também como: Remelento, Mangostão amarelo, Limãozinho, Bacopari miúdo, Bacopari, Escropari, Bacuri miúdo, Bacoparé, Bacuri mirim.

 

Características do Bacupari

O arbusto da planta mede de dois a quatro metros de altura quando está exposto ao olho do sol. No entanto, quando é plantado no meio da mata, o arbusto pode se transformar em uma árvore de seis a vinte metros de altura.

A copa, quando sujeita ao efeito do sol, se torna globosa e densa. O tronco é reto e de um tom esbranquiçado de verde quando é novo. A cor marrom pardacenta é adquirida conforme o envelhecimento da árvore de bacupari.

 

Nossas Mudas NÃO são estacas recém plantadas em tubetes conforme a grande maioria dos anúncios na internet.

 

Especificações Técnicas

Nome Científico: Garcinia gardneriana

Nome Popular: Mangostão amarelo, Limãozinho, Bacopari miúdo, Bacopari, Escropari, 

Bacuri miúdo, Bacoparé, Bacuri mirim.

Tamanhos: 120cm e 180cm

 

Como plantar bacupari?


Seja na sombra ou exposto ao sol, o espaçamento mínimo entre as plantas deve ser de cinco x cinco metros. A preparação das covas deve ser feitas com antecedência de três meses e contar com cinquenta centímetros nas três dimensões.

Além disso, é preciso adicionar quatro quilos de composto orgânico devidamente curtido, cinquenta gramas de farinha de osso e um quilo de cinzas da madeira nos trinta centímetros da terra da superfície. As cinzas possuem potássio e beneficiarão o crescimento do plantio.

O cultivo não exige frequência em irrigação, contudo, para conservar a umidade, é preciso atenção. Um dos requisitos indispensáveis é de que sua coroa disponha de aproximadamente dez centímetros de cobertura morta, tal como capim seco.

No inverno, deve ser realizada a poda para formação e limpeza. É recomendado eliminar os ramos que nascem no tronco e os galhos que crescem cruzados ou na direção do núcleo da copa.

A adubação do início do florescimento deve ser preparada utilizando quinze gramas de cinzas ou, alternativamente, cento e cinquenta gramas de cloreto de potássio. Isso fornece benefícios ao que se refere à circulação de seiva na planta, evitando as bolhas ou pipocas que brotam nas cascas dos frutos.

A adubação orgânica, por sua vez, é realizada no mês de novembro. São utilizados seis quilos de composto orgânico devidamente curtido. As valas devem contar com seis centímetros de largura, trinta centímetros de profundidade e um metro de comprimento.

Formas de Pagamento
Ficha técnica
Código 279
Categoria ADULTAS EM VASOS
Marca Viviero Cultura Ecológica
Informação adicional Nossas Mudas NÃO são estacas recém plantadas em tubetes conforme a grande maioria dos anúncios na internet.
Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.