Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio

Muda Camu-Camu com 90cm

Disponibilidade: Imediata
0 Opiniões

Por:
R$ 95,00

ou 9x de R$ 10,56 Sem juros Cartão Hipercard - Vindi
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Calcular frete:
Descrição Geral

Muda Camu- Camu com 90cm

Muda de de Altíssima Qualidade, Resistente a pragas e Super Produtivas 

Planta produzida pelo método de clonagem, garantindo a produção precoce de frutos!

Clima: MediterrâneoSubtropicalTemperadoTropical

 

Nossas mudas são super produtivas!

A segunda imagem corresponde exatamente a nossa planta.

Enviamos até 20 produtos no mesmo frete.  

Aproveite e compre junto: Vasos, Substratos, Adubos e Fungicidas!

Nossas embalagens são específicas  para transporte de plantas.

 

O camu-camu, caçari, ou araçá-d'água (Myrciaria dubia H. B. K. (McVough) é um arbusto ou pequena árvore, pertencente a família Myrtaceae, disperso em quase toda a Amazônia, encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos, geralmente de água preta. Em seu habitat natural a planta pode permanecer submersa por 4 a 5 meses. Apesar do camu-camu ser fruto de alto valor nutritivo, o mesmo é praticamente ignorado pelos cablocos da região, os quais quando muito, o utilizam como tira-gosto ou isca para peixe, sendo este o principal dispersor das sementes.

A árvore frutifica entre os meses de novembro a março. Na terra firme, onde o camu-camu tem demonstrado boa adaptação, a floração ocorre durante praticamente o ano inteiro, sendo que os menores índices de produção ocorrem entre os meses de abril a julho.

Em 1980, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia colocou o camu-camu na lista de prioridades de trabalho, entre as espécies frutíferas nativas da região com potencial e desde então, estudos vem sendo desenvolvidos: propagação (via semente e assexuada); floração e frutificação; espaçamento e adubação; tratos culturais; maturação e processamento de frutos. Tais pesquisas visam a utilização do potencial do camu-camu, de forma a não só contribuir para a melhoria da dieta da população como também gerar divisas para a região.

 

Dicas para o cultivo

 

Cultivo no solo

Escolha bem o local (cultive em sol pleno)

Para cada planta faça uma cova de 40cm de  largura e 80cm de altura.

Misture bem a terra com adubo orgânico ou NPK 10-10-10, para garantir o solo sempre úmido e acrescente também  bastante folhas secas ou capim.

Dica de adubo orgânico: Mistura em partes iguais de torta de mamona com farinha de osso, húmus de minhoca, calcário para correção do PH do solo (EXCETO PARA MIRTILOS).

Outra opção de mistura é esterco de codorna (alta concentração de nitrogênio) com folhas secas.

Preencha a cova com essa mistura adubada. Importante deixar a mistura bem fofa para facilitar o crescimento das raízes.

Plante a muda como seu torrão e tenha cuidado para não enterrar demais o seu tronco.

Regue a planta 1 vez ao dia nas primeiras 2 semanas, depois regue somente 2 vezes por semana.

Faça a poda de contenção sempre que houver necessidade.

Adube a sua planta 3 vezes ao ano com adubo orgânico para não compactar o solo.

Siga essas dicas e você terá sua planta sempre saudável e produzindo flores e frutos.

 

Cultivo em vasos

Hoje em dia é possível plantar quase todas as mudas em vasos com essas dicas!

 

Tamanho ideal de vaso: 50 Litros

Drenagem: No fundo coloque uma camada de 8cm de brita (pedra de construção) e para drenar bem a água adicione mesma medida de areia de obra.

Complete o vaso com a mistura de terra adubada na proporção de: 70% de terra vegetal com  30% de fibra de coco misturado com adubo orgânico que pode ser húmus de minhoca ou esterco de codorna misturado com farinha de osso com torta de mamona ou NPK 10-10-10 misturado com folhas secas.

Plante a muda como seu torrão e tenha cuidado para não enterrar demais o seu tronco.

Cubra a terra com argila expandida para não compactar a terra deixar sempre as raízes úmidas.

Regue a planta 1 vez ao dia nas primeiras 2 semanas, depois regue somente 2 vezes por semana.

Exposição ao Sol de pelo menos 4 horas por dia. 

Faça a poda de contenção sempre que houver necessidade.

Adube sua planta 3 vezes ao ano.

Siga essas dicas e você terá sua planta sempre saudável e produzindo flores e frutos.

Formas de Pagamento
Ficha técnica
Código 811
Categoria FRUTÍFERAS
Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.